Cultura Inglesa

Gramática em inglês é um martírio? Não se você seguir essas dicas!

Cultura Inglesa

Para escrever em inglês, ou em qualquer idioma, é necessário conhecer ao menos o básico sobre a gramática, além de entender a lógica da língua. Saber como utilizar as preposições em inglês e saber posicionar verbos, por exemplo, deixam muita gente de cabelo em pé!

Mas, apesar de parecer muito difícil, a gramática do inglês é muito mais simples do que a da língua portuguesa. Com algumas dicas, alguma dedicação e bastante prática, é possível dominá-la e melhorar tanto a capacidade de falar quanto de ler e escrever em inglês. Are you ready? So, let's go!

Gramática em ingles

São parecidos, mas não são iguais!

A primeira dica que preparamos para você dominar a gramática em inglês é apontar alguns termos e expressões que são parecidos, mas não são iguais. Esse tipo de confusão é muito comum, principalmente nos casos de alunos que estão começando a se familiarizar com o idioma agora.

Confira alguns exemplos:

  • "your" e "you're" - o primeiro quer dizer posse, por exemplo, "your dress is pretty" (seu vestido é bonito). Já o segundo é uma contração de you + are e significa "você é" ou "você está", dependendo do contexto. Por exemplo: "you're very pretty" (você é muito linda).
  • "their", "they’re" e "there" - apesar de a pronúncia ser quase igual e a escrita ser parecida, essas três palavras são completamente diferentes. "Their" quer dizer "deles / delas"; "they're" é uma contração de they + are e quer dizer "eles são" e, finalmente, o "there" quer dizer lá (em algum lugar).

Fique atento às palavras que são parecidas. Elas causam muitas dúvidas e o melhor é que você pesquise sempre que estiver incerto para não acabar falando ou escrevendo incorretamente.

O papel dos verbos auxiliares

Como o nome sugere, os verbos auxiliares têm a função de auxiliar um outro verbo em uma frase. Eles podem mudar ou não o sentido do verbo principal. Os verbos auxiliares que mudam o sentido do principal são chamados de modal verbs e serão tratados em outro artigo.

Além de auxiliarem os verbos principais, os verbos auxiliares também servem para formar frases negativas e fazer perguntas. Para explicar melhor vamos utilizar como exemplo a oração "do I need this?", ou "eu preciso disso?".

  • Pergunta: Do I need this?
  • Negação: I don't need this.

Esse é um padrão que se repete. Quando o tempo da oração muda para o passado, o verbo auxiliar também muda:

  • Pergunta: Did I need this? (eu precisei disso?)
  • Negação: I didn't need this. (eu não precisei disso)

Repare que, quando mudamos a frase para o negativo, tanto o verbo auxiliar quanto a pontuação no final da frase mudam, mas não o verbo principal.

Prestar atenção nos verbos auxiliares e entender como eles funcionam é fundamental para que você consiga dominar o inglês!

Preposições em inglês: in, on e at

Essas são as três preposições mais comuns no inglês. Elas servem para ligar expressões, pronomes e substantivos a outras palavras na frase. Para facilitar a compreensão, mais uma vez vamos utilizar os exemplos. Confira:

  • Você deve utilizar o "in", quando:

    • fizer uma referência a períodos maiores e menos específicos de tempo, como meses, anos ou a parte de um dia;
      • "I like to eat in the morning" (Gosto de comer de manhã)
    • for falar de cidades, estados ou o cômodo de uma casa ou apartamento;
      • "I am in my room" (Estou no meu quarto);
    • ler algo impresso;
      • "I read in the newspaper" (Eu li no jornal)
  • Você deve utilizar o "on", quando:

    • fizer referência a momentos específicos;
      • It happened on December 24th. (Aconteceu em 24 de dezembro)
    • for falar de ruas ou objetos que estão sobre outros;
      • "The book is on the table" (O livro está sobre a mesa)
    • for falar de uma informação que está em meios eletrônicos;
      • "I read this on Facebook" (Eu li isso no Facebook)
  • "at":

O "at" é utilizado em duas ocasiões:

- Quando for falar de uma hora exata (at 8 am);

- Quando fizer referência a lugares específicos ("at the museum").

Vale lembrar que esses são apenas exemplos. Existem exceções à regra e outros casos que podem alterar a utilização ou exigir o uso de outras preposições. O melhor é que você consulte um professor sempre que tiver dúvidas.

Quer dominar de vez como escrever em inglês? Entre em contato agora com uma de nossas unidades e agende uma aula experimental!

Faça o download gratuito do e-book!

Mais Posts

RECEBA NOVIDADES SEMPRE!

Inscreva-se em nossa Newsletter.

Screen Shot 2018-11-06 at 16.04.14
Compartilhe nas suas redes sociais.