Blog Cultura

Our Latest News

O papel do intercâmbio no aprendizado da língua inglesa

Cultura Inglesa 13 de maio de 2020 0

Sonho e exigência unem-se no desejo de aprender a falar inglês fluentemente. Esse é o idioma internacional, em qualquer lugar do mundo é possível se comunicar sabendo falar inglês. Qual o papel do intercâmbio nesse contexto, portanto?

Termos em inglês estão presentes nas notícias, na indústria de entretenimento, na formação e prática profissional. Então, como aprender a falar inglês fluentemente? Seria melhor fazer intercâmbio para aprender inglês ou primeiro aprender e depois viajar? E onde fazer o curso de inglês no exterior?

No artigo de hoje, você entende como utilizar o intercâmbio no aprendizado da língua inglesa e como aproveitá-lo da melhor forma possível. Além disso, confira alguns destinos que você pode escolher. Acompanhe!

Intercâmbio para aprender inglês

Você pode sim fazer um intercâmbio sem saber nada de inglês e algumas pessoas relatam que a experiência é o melhor método de aprendizado. Entretanto, você deve pensar bem antes de embarcar nessa aventura: a falta de conhecimentos básicos gera muitas dificuldades.

Você não conseguirá se comunicar mesmo em situações rotineiras, pode acabar se prendendo muito ao auxílio de colegas e ter vergonha de falar pela falta de prática. Essas questões impedem que você realmente aproveite totalmente o intercâmbio.

Por outro lado, você pode ter o perfil aventureiro e fazer parte daqueles que conseguem tirar uma grande experiência a partir das dificuldades. Pode ser um método mais difícil para a maioria, mas também o mais eficiente para quem se sente incentivado pelo desafio. E é uma ótima oportunidade para aprender inglês (quase) sozinho!

Inglês para fazer intercâmbio

Outra alternativa, a mais comum e mais recomendada pelos professores de idiomas, é primeiro estudar a língua e depois fazer o intercâmbio. Neste caso, há muitos formatos que você pode escolher. Por exemplo, fazer um módulo básico no Brasil e já partir para outro país aprender o conteúdo avançado.

Você também pode adquirir fluência por aqui e realizar o intercâmbio como forma de consolidar seu conhecimento no idioma, adquirindo mais vocabulário, interagindo com nativos da língua e conhecendo a cultura por trás do inglês. Essa é uma experiência muito enriquecedora.

Quem defende esse método, aprender antes de viajar, afirma que conhecer o idioma facilita a interação no estrangeiro. Portanto, aproveita a maior contribuição do intercâmbio para a fluência no inglês, a experiência de utilizar o idioma em contextos reais.

Então, como ter o inglês fluente?

Não existe uma resposta pronta sobre a melhor forma de aprender inglês fluentemente. Algumas pessoas defendem que a imersão do intercâmbio é o melhor, outras dizem que é completamente possível adquirir fluência sem nunca sair do Brasil.

O papel do intercâmbio é justamente ser enriquecedor e permitir experiências únicas. Agora, se o melhor é fazer intercâmbio para aprender inglês ou estudar inglês para fazer intercâmbio, é uma questão de perfil. Escolha o formato que lhe permita aproveitar a experiência ao máximo!

Onde fazer o curso de inglês no exterior?

A escolha do destino também depende do seu perfil e do nível de inglês que você já domina. Um nível avançado de inglês oferece mais opções, pois sua escolha depende apenas do interesse pela cultura local. A Nova Zelândia, por exemplo, tem uma cultura exótica e paisagens únicas.

Caso você ainda seja iniciante, vale a pena optar por lugares onde há vários brasileiros. Assim, você encontra bastante apoio e uma população local que está mais acostumada a lidar com dificuldades de comunicação. Por outro lado, destinos pouco procurados favorecem a imersão total.

Miami (EUA), Toronto (Canadá) e Dublin (Irlanda) são os destinos mais procurados pelos brasileiros para fazer curso de inglês no exterior. Já a Cidade do Cabo (África do Sul) e Malta, um pequeno país da União Europeia, são menos procurados e oferecem experiências diferenciadas.

E aí? Qual destino mais chamou sua atenção? Comente!

Comentários: (0):

icone

Seja o primeiro a comentar esse conteúdo e ajude nossos leitores a criar um debate construtivo.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Seu e-mail não será publicado.

Enviar

Artigos Relacionados